Petição "Loriga a concelho"

Esta petição serve uníca e exclusivamente para alertar todos os Loriguenses e amigos sobre o sistemático abandono que Seia tem presenteado Loriga e toda a região circundante, aos longo dos tempos, contribuindo assim para a falta de recursos humanos, sociais, culturais, desportivos e lazer. Assine e divulgue. http://www.peticao.com.pt/loriga

sábado, 6 de dezembro de 2008

Degelo


A Ribeira da Nave tem a sua nascente muito próxima da Torre, a quantidade de água que hoje leva não é motivada pela chuva mas sim pela neve que derrete a montante. Do metro e meio de neve que a Turistrela dizia haver nas pistas de sky restam agora uns míseros 30-40 cm de neve empapada e sem condições para a prática do já famoso desporto de inverno de Portugal apregoado pela Turistrela. Quem vai à serra com a finalidade do Sky terá de aguardar por melhores dias( o não acontece hà muitos anos).

6 comentários:

Steak disse...

Olha e eu "assino por baixo". Como é possivel a Turistrela andar a planear ampliar a estância para terrenos adjacentes, se nem nos actuais eles conseguem retirar o devido rendimento (veja-se o caso do último nevão, o maíor dos últimos 10/15 anos, e a maior parte das pistas estarem fechadas, já para não falar nas estradas de acesso encerradas a maior parte do tempo). Enfim parece que o dito turismo de inverno se resume a uns meros "diazitos" de ski ou pouco mais. Já agora e uma vez que falamos da serra que tal seguirmos com atenção o processo de intenções por parte do governo em vender os famosos(e tristes desde já se diga) radares instalados no planalto da Torre, os quais se encontram em terrenos que pertencem, não só mas também, á freguesia de Loriga? Será que Loriga não poderia directa ou indirectamente beneficiar de tal venda?

TPais disse...

Na verdade, segundo a lei dos baldios o estado não podia vender os edificios!É importante que as comissões de compartes se mexam e impeçam este verdadeiro abuso à propriedade comunitária!
Abç
TP
PS:a Turistrela só faz um mau serviço à imagem do turismo da Estrela ao apregoar aos 4 ventos a abertura da estância a 100% quando na realidade se reduz a uns 30% e mais uma vez sem conseguir por a telecadeira a funcionar!

Pedro amaro disse...

O diploma que ditou a exclusividade do turismo na Serra da Estrela há Turistrela é do tempo do antigo regime, assim e com o monópolio, a empresa faz o que bem entender. Numa economia de mercado deve haver concorrência, mas claro sem por em causa a fragil estabilidade ecológida da nossa Serra.
um abraço

DrMendes disse...

Caros amigos, amanha das 9 da manha ate as 4 da tarde vai haver na Torre um protesto individual contra a turistrela (Turisestraga)acerca das varias ilegalidades que la se passam!! Portanto, se tiverem tempo, passem la e deem o vosso apoio ao Luis!!! Amanha tirarei ums fotos e mando-as a ti Amaro, pode ser??

Abraco

João Carreira disse...

Caros Amigos,

Não poderia estar mais de acordo convosco e também eu assino por baixo.
Um Abraço a todos e em particular ao DrMendes que anteontem fez anos.

João

TPais disse...

Pedro, de facto a exclusividade da Turistrela já vem do antigo regima, no entanto, foi nos anos 80 e 90 do sec. passado que a actual configuração com maioria de participação privada foi definida assim como os seus objectivos(ver por ex. decreto-lei 408/86). Apesar de nestas revisões ter sido mantida a sua exclusividade isto não implica que ela não possa vir a ser revista. É preciso é haver quem se manifeste nesse sentido e nesse aspecto as associações, principalmente as locais, assim como as entidades com representatividade popular e estatal (ex. juntas e Camaras Municipais) terão sem dúvida um peso preponderante. A vontade de libertação das sombras do antigo regime tem de ser feito a partir da força das populações e com ela, de outra forma será dificil alguem alterar o estado das coisas!
É que dá muito mais trabalho mudar do que ficar quieto - é a lei da inercia!´

Só mais um apontamento, agora relativamente à mensagem do DrMendes. Julgo que a manifestação não é (foi) contra a Turistrela em particular (mas tambem) mas sim contrat todas as entidades com poder de decisão na região da Serra da Estrela.

São causas dificeis, porque embora tenham concordancia de muitos, na maioria das vezes estes muitos não demonstram o seu apoio real pois dá trabalho, tira muito tempo e só de vez em quando se conseguem boas vitórias. Na maioria das vezes os defensores destas causas limitam-se a fazer "cocegas", mas a verdade é que ao fim de muitos anos de cócegas muita coisa tem sido conseguida.
Como diz o Octavio do Blog Ondas 3, "só os peixes mortos vão com a corrente"!! Nada mais acertado

Abraço para Loriga!