Petição "Loriga a concelho"

Esta petição serve uníca e exclusivamente para alertar todos os Loriguenses e amigos sobre o sistemático abandono que Seia tem presenteado Loriga e toda a região circundante, aos longo dos tempos, contribuindo assim para a falta de recursos humanos, sociais, culturais, desportivos e lazer. Assine e divulgue. http://www.peticao.com.pt/loriga

quinta-feira, 5 de março de 2009

Futuro negro



A imagem, foi tratada digitalmente e com ela deixo uma questão. Loriga vai ter um futuro negro? Vote, ou(e) deixe a sua opinião.

5 comentários:

João Carreira disse...

Caro Amigo Pedro,

Muito Obrigado pela visita e espero também que tenhas um Excelente Fim-de-Semana.

Quanto a este texto e a esta cabra,

a vida é um livro por escrever e somos nós que em parte escrevêmos a nossa página, depois a sorte ou Deus (para os crentes) dá um empurrão, mas o que torna a vida interessante é ela ser um desafio a superar.

Loriga pode ter um futuro negro ou risonho, tudo depende de tudo. Depende dos da terra em vencerem as suas dificuldades. Depende da ajuda dos que estão fora e são da terra. Depende do poder central e do poder regional. Etc. e tal, mas nada se faz sem vontade, esperança e optimismo. Cabe a todos sem excepção darmos o pontapé no 'im' de 'impossível' e se não conseguirmos, teremos pelo menos a satisfação de todos termos tentado.

Temos desde já uma mais-valia, Loriga é linda e todos os da terra a amam à sua maneira...e nada se faz sem amor.

Quanto à cabra, bem, ela está a admirar a beleza que os seus olhos alcançam e talvez lamentar o facto de não estar na Carreira a ver passar a gente. ;)

Um Abraço e Votos de um Excelente Fim-de-Semana,

João

Anônimo disse...

"Não há bem que sempre dure...
nem mal que perdure"!!!!
Por isso amigos; há que ter esperança e aguardar novos ventos.
O mundo não pára; é um novo ciclo, somos seres flexiveis e adaptamo-nos à nova mudança!!!
Cumprimentos- Batista

ljma disse...

Caro Pedro Amaro,

Não estou muito por dentro dos problemas específicos de Loriga, portanto isto que digo pode não valer de muito.

Parece-me que o panorama económico e social de Loriga é fundamentalmente o mesmo que o de outras localidades médias da região. Se exceptuarmos as maiores capitais de concelho (e mesmo essas...) as coisas parecem muito más em todo o lado.

Eu não sei o que se há-de fazer para inverter o processo de degradação social e económica na nossa região. Creio que não há soluções fáceis. Mas creio que as medidas e empreendimentos que têm sido anunciados com slogans como "vamos acordar o gigante adormecido" não resultam em nada. Creio que já o verificámos repetidas vezes.

Não me parece que haja futuro no degradar da paisagem e do ambiente natural. Pelo contrário, acho que podíamos e devíamos aproveitar a paisagem e o ambiente natural na construção um futuro melhor. Não defendo que nos limitemos a isso (turismo de naturez, etc), mas que aproveitemos isso, entre outras mais valias que também temos. Mas para que isso seja possível, há que conservar a paisagem e o ambiente natural, o que leva a ser muito cuidadosos na abertura ou asfaltação de novas estradas, na edificação em altitude, na artificialização ou urbanização do monte.

Sobretudo, creio que a solução dos nossos problemas não há-de resultar apenas de chorarmos ou exigirmos milhões ao governo ou à Europa e nada mais fazermos para além disso. Muitas vezes, creio que é exactamente isso que fazemos na nossa região (atenção que não me estou a referir especialmente a nenhuma freguesia ou concelho em particular).

E acho que o Batista tem toda a razão! Corrigiria apenas o "aguardar novos ventos" por "fazer um novo vento soprar".


saudações amigas
José Amoreira

José C Mendes disse...

Estimado Pedro,

A minha opinião é que, como foi dito anteriormente, « não há mal que sempre dure». E embora eu não tenha passado (que me lembre) por uma situação destas, este é um ciclo que pode ser semelhante a outros que os nossos pais e avós viveram e sobreviveram. Com a vantagem de estarmos todos - Europa e USA - a lutar no mesmo sentido.
Por isso eu acho que o futuro ainda vai continuar cinzento. Escuro.
Um abraço
José C Mendes

Anônimo disse...

se ninguem fiser nada contra isso vai ter um fim negro...